Sexta-feira, 18 de Junho de 2010

Nightmare in Black

 

Hoje vi o vazio.

 

Estavas longe e dizias adeus. E dentro desse adeus, era

como se nada tivesse acontecido, como se não tivessem

havido tantas horas infinitas e só nossas, como se não

existisse o calor do teu abraço e do teu corpo, como

se não quisesses lembrar-te do cheiro da minha pele e

de todas as palavras que trocámos.

 

Como se, naquela manhã, não nos tivéssemos somplesmente cruzado.

 

Mas

Existes, e todos os nossos momentos existiram.

Foram mais do que esperávamos, foram

a eternidade.

 

Não quero dizer-te adeus 

 

sinto-me: "Fallin", Lacuna Coil
publicado por Sara às 00:11
link do post | comentar | favorito

Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Procurar nas memórias...

 

Outros pensamentos

Metades iguais

Mundos

A busca

Pequenas distâncias

Horizonte

Lost words

Refúgio

Longe

Dentro do teu abraço

Mons Lunae

Nightmare in Black

Distâncias

Sorrow

Olhar-te

Unspoken

Murmúrios

Never say Goodbye

Shadows and dust

Epiphany

Segredo..

Princípios

Retalhos

Fire

Sufocadas

Insónia

Sombras

Estórias

Filosofias

Presente

Ardente

Murmúrios

Entre ti

Espelhos

Laços

Misterioso

Reminiscências

Retorno

Secreto

Encontro

Vício

Simples

Em segredo

Espiral negra

Use your illusion

Luz

Calor de ti

Horizonte

Realidades

Estranhamente

Efémero