Domingo, 11 de Novembro de 2007

Reencontrar-te

 

"Passou tempo e eu não esperava que, um dia, chegasses. Mas passou tempo. Um dia, chegaste. Caminhávamos na rua. Eu pensava em qualquer coisa que não era a ideia de chegares, como uma avalanche que arrasta tudo à sua passagem, como uma multidão a pisar cada pedaço de terra. E a rua ficou deserta quando nos aproximámos. Éramos desconhecidos no instante em que olhámos um para o outro. Passou esse instante e, dentro de nós, conhecemo-nos. Chegaste. Eu não te esperava. Contigo trouxeste a ternura, o desejo e, mais tarde, o medo. Chegaste e eu não conhecia essa ternura, esse desejo. Em casa, no meu quarto, neste quarto, revi os teus olhos na memória, a ternura, o desejo. E, depois, aquilo que eu sabia, o medo. E passou tempo. Eu e tu sentimos esse tempo a passar mas, quando nos encontrámos de novo, soubemos que não nos tínhamos separado"
 José Luís Peixoto
música: "You and I", Scorpions
publicado por Sara às 19:11
link do post | comentar | favorito

Maio 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Procurar nas memórias...

 

Outros pensamentos

Metades iguais

Mundos

A busca

Pequenas distâncias

Horizonte

Lost words

Refúgio

Longe

Dentro do teu abraço

Mons Lunae

Nightmare in Black

Distâncias

Sorrow

Olhar-te

Unspoken

Murmúrios

Never say Goodbye

Shadows and dust

Epiphany

Segredo..

Princípios

Retalhos

Fire

Sufocadas

Insónia

Sombras

Estórias

Filosofias

Presente

Ardente

Murmúrios

Entre ti

Espelhos

Laços

Misterioso

Reminiscências

Retorno

Secreto

Encontro

Vício

Simples

Em segredo

Espiral negra

Use your illusion

Luz

Calor de ti

Horizonte

Realidades

Estranhamente

Efémero